OUÇA A 88
AO VIVO
NO AR
Show da Manhã

Jicelmo Machado

Fala do Jornalista Raimundo Marinho

  • Por Redação do Jornal da 88

  • 21.Fev.2024 // 00h00

  • Geral

Fala do Jornalista Raimundo Marinho

Jornalista RAIMUNDO MARINHO
Adaptação da fala na Rádio 88 FM, dia 21.02.2024

Vamos cuidar do Brasil Todo brasileiro precisa, mesmo aqui no sertão, acompanhar a vida do país. E ficar de olho em tudo que acontece, no que faz os governantes e outros políticos! Pois isso repercute, de algum modo, nas nossas vidas, em todo território nacional. E não falta assunto grave para a gente acompanhar e se preocupar. Além disso, é preciso combater, nas possibilidades de cada um, o que for ruim para nós. Apesar das graves questões internas que já temos, fartamente expostas nas redes sociais, o presidente da República ainda foi buscar mais, fora do país! Ao responder a jornalistas, durante entrevista, em Adis Adeba (Etiópia), Luís Inácio da Silva comparou a ação de Israel, na Faixa de Gaza, à matança de Judeus, ordenada por Adolph Hitler, no chamado holocauto nazista, na 2ª Guerra Mundial.

Colocou o Brasil numa situação horrorosa, diante do mundo, gerando repúdio de todos os lados à sua fala! A Faixa de Gaza é uma área de 365 km², no Oriente Médio, banhada a oeste pelo Mar Mediterrâneo. Faz fronteira com Israel e o Egito! É uma comunidade milenar, alvo de seculares conflitos entre Árabes e Israelenses. Hoje a Faixa está sob domínio do Hamas,  tido como um grupo terrorista, que disputa territórios com Israel, motivo de conflitos sangrentos! O presidente brasileiro não esconde seu apoio ao Hamas, motivo da desastrada comparação que fez, violando a tradicional neutralidade do Brasil, prevista na CF, em relação à soberania de outros países!

Além disso, foi considerada antissemitista, ou seja, racista, preconeituosa, discriminatória e hostil, contra os judeus, ensejando a possibilidade de ter cometido  crime de responsabilidade, nos termos do art. 5º da chamada Lei do Impeachment (Lei-1.079/1950). O julgamento do presidente, nesse sentido, está sendo alvo de requerimento, por vários parlamentasres, no Congresso Nacional. Ainda por conta da comparação feita, o governo de Israel declarou Luis Inácio da Silva persona non grata, naquele país, ou seja,  não é mais benvindo lá, até se retratar e pedir desculpas! Isso gera graves consequências diplomáticas, comerciais e políticas. Mas, até ontem, ele negava-se a se desculpar!

Denúncia sindical Parece que a APLB-Sindicato, que congrega os profissionais da Educação, na Bahia, desalinhou-se do governo petista de Jerônimo Rodrigues, sucessor de Rui Costa, de cuja base política a entidade fez parte. O desalinhamento transparece da denúncia que a entidade fez ao Ministério Público Estadual e ao Conselho Estadual de Educação contra ato da Secretaria Estadual da Educação (Portaria-190, 27/01/2024), que estabelece a progressão continuada, onde o aluno tem de ser promovido para a série seguinte, sem necessariamente precisar estudar! Ou seja, trocou aprovação, pelo critério qualitativo e quantitativo, medido em notas, por promoção, decidida em um conselho de classe, que, no caso, a nosso ver, perde a classe! Frisa que o controle de frequência é para “acompanhar” a aprendizagem e não “reprovar” o aluno. Na denúncia, o coordenador da APLB, Rui Oliveira, diz que isso permite aprovar até estudantes que não vão às aulas. E que a portaria anula o processo pedagógico de 2023, por exemplo, causando inquietação nos professores e demais profissionais da Educação, e preocupa os pais, que não querem os filhos aprovados sem ter aprendido nada.

Pé de meia suja Essa aprovação em massa, na Bahia, é fichinha diante da decisão do governo federal de pagar quem não quer estudar, para que estude (Lei-14.818/2024). O objetivo seria democratizar o acesso aos estudos, reduzir desigualdade social e promover  inclusão e ascenção social pela educação. Muitos só estudam até o fundamental! Saem para trabalhar ou vagabundear. Não almejam faculdade! E o ensino médio só serve para quem quer fazer curso superior. Sem essa pretensão, claro, não há nenhuma motivação! Vão se virar na vida de qualquer jeito! Penso que não estão errados! Cada qual escolhe como quer viver! Mas o governo resolveu pagar os jovens para estudar, no ensino médio. Em minha opinião, seria melhor transformar o Ensino Médio em profissionalizante! Parece sujo esse pé de meia do governo. Primo do bolsa família, que já foi considerado o maior programa de compra de votos do mundo. A expressão original pé de meia vem de antigo costume de se guardar dinheiro em meia, para quando se parasse de trabalhar. Espécie de caderneta de poupança!

Para refletir Pequenas coisas do cotidiano podem nos fazer felizes! Se reparar com atenção e carinho nos olhos do meu semelhante, ali eu me verei refletido. E aquela imagem parece a imagem de Deus. Não poderá haver, assim, livro de conhecimento humano mais completo. Se eu lhe abrir um sorriso, haverá grande encantamento, e nossas almas se exultarão naquele que nos criou! Imagine, então, se nos abraçarmos, trocando o calor do nosso corpo e sentindo o pulsar simultâneo dos nossos corações. Somente a grandeza de Deus é capaz de nos elevar tão alto! Estaríamos tão pertos e juntos, de corpo e alma, que não sobraria espaço para maldade, inveja, desamor, nem vingança. Só carinho e sentimento de irmãos nos embalariam. Por que não fazemos assim, sempre? A resposta é simples! Nós somos estúpidos e essa estupidez nos destrói, no próprio dia a dia em que deveríamos e poderíamos ser felizes!

Somos como máquinas, robotizados e hipnotizados pelos sonhos de grandeza material. Mas Charles Chaplin, o imortal Carlitos, mensageiro de Deus, nos lembrou: “Não sois máquinas, homens é que sois”! Ou seja, “não somos máquinas, humanos é que somos, homens e mulheres”! Vamos sonhar o sonho de Deus, e veremos com clareza a nossa estrada espiritual! A vida material é transitória! Pense mais no espírito, para não ficar no escuro quando  corpo perecer! A vida é cheia de boas lições. Jesus disse: “aquele caído no caminho, necessitando de ajuda, é teu irmão”,  “o que reza, humilde e contrito, no último banco da igreja, tem muito mais graça diante de Deus”. Descobrir Deus pode ter início em coisas muito simples do nosso cotidiano, como, por exemplo, nos compadecendo do desamparo de criaturas esquecidas, como um cão ou gato que se encosta em nossas pernas. Que mia ou abana o rabo para nós! Que olha para nós e espera cair uma migalha da nossa mesa, em um restaurante! Pensem nisso!

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário


Nossas Redes Sociais

88 FM
AO VIVO

Rádio 88 FM © 2024 - Todos os direitos reservados.