Sem acordo com o governo, médicos vão deixar de atender pelo Planserv na Bahia


Sem acordo com o governo, médicos vão deixar de atender pelo Planserv na Bahia

Por: Redação Rádio 88 Fm

Sem entrar num acordo com o governo do estado, os médicos que atendem ao Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos da Bahia (Planserv) vão deixar de atender, salvo os casos de urgência e emergência. O anúncio foi feito na tarde de ontem pelo Sindicatos do Médicos da Bahia (Sindimed-BA). A assessoria da categoria alega que a tabela de honorários de pessoal está "totalmente defasada", com valores referentes ao ano de 1992. Segundo o sindicato, algumas especialidades tiveram o pagamento atualizado, mas o reajuste foi equivalente a tabelas de 2005 e 2007, no mínimo 12 anos atrás. Segundo informou o site 97 News, o sindicato ainda reivindica o fim da política de cotas financeiras, e o pagamento de honorários sem intermediação dos hospitais, além de criticar a "postura irredutível do Estado da Bahia".