Governo propõe idade de 65 anos para homens e também para mulheres


Governo propõe idade de 65 anos para homens e também para mulheres

Por: Redação Rádio 88 Fm

O governo Jair Bolsonaro vai propor fixar idade mínima de 65 anos para homens e mulheres que se aposentarem no Brasil. O tempo mínimo de contribuição para a Previdência, chamado de carência, também sofrerá mudanças, passando de 15 para 20 anos. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo. Atualmente, há duas formas de se aposentar. Por idade, com a exigência de ter 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres), com a carência de 15 anos. A outra é por tempo de contribuição, quando não se exige idade mínima, mas são necessários 35 anos (homens) e 30 anos (mulheres) de pagamentos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A reforma que deve ser proposta pelo governo ao Congresso acaba com a aposentadoria por tempo de contribuição. Ao realizar encaminhar dessa forma, a proposta é ainda mais severa do que a apresentada pelo ex-presidente Michel Temer que previa a idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. Segundo o jornal Estadão, a  reforma propõe que aos 20 anos de contribuição para a Previdência, o segurado receba apenas 60% do benefício. Cada ano a mais trabalhado acrescentará dois pontos porcentuais até chegar a 100% no benefício com 40 anos de contribuição. Vale lembrar, que de acordo com críticos ao novo modelo e estudiosos do assunto, 80% dos fundos da Previdência são destinados a salários de magistrados e militares, sendo que estes últimos não devem entrar na nova regra -caso esta seja aprovada.