Caso de intolerância religiosa dentro de escola vira caso de polícia em Brumado


Caso de intolerância religiosa dentro de escola vira caso de polícia em Brumado

Por: Achei Sudoeste

Uma queixa de intolerância religiosa seguida de agressões contra uma professora foi registrada na delegacia de Brumado. O caso aconteceu em uma sala de aula, na noite da última segunda-feira (07), no Colégio Estadual de Brumado (CEB). De acordo com o boletim de ocorrência, um aluno respondeu com ofensas a um comentário religioso proferido por um colega, momento em que a professora interveio, aconselhando o estudante a respeitar o ambiente de ensino e a tolerar as diferenças de crença. Revoltado, o aluno arremessou uma borracha contra a educadora e, em seguida, lhe desferiu um golpe no rosto com um caderno. No intuito de conter os ânimos do estudante em fúria, a professora o conduziu à diretoria da unidade de ensino, porém, no trajeto, o estudante ainda teria feito uma série de ameaças. Temendo pela própria segurança e integridade física, a professora registrou a ocorrência na delegacia, onde o aluno, acusado por intolerância religiosa, agressão física e ameaças verbais, é aguardado para prestar depoimento. O site Achei Sudoeste tentou contato com a direção do CEB em busca de mais esclarecimentos, mas não obteve êxito.