Equipe da DRACO encontra veículo do delegado Marcos Torres carbonizado com um corpo em seu interior


Equipe da DRACO encontra veículo do delegado Marcos Torres carbonizado com um corpo em seu interior

Por: Redação Rádio 88 Fm

Na manhã desta sexta-feira (13), o veículo que estava sendo conduzido pelo Delegado Dr. Marcos Torres, uma Hilux, foi localizada totalmente carbonizada numa estrada vicinal que faz a ligação com a BA-142, entre o Distrito de Sussuarana e o Município de Anagé. O Delegado responsável pela Delegacia de Barra da Estiva e Ibiocora, estava desaparecido desde a tarde de ontem.

Segundo informações apuradas por nossa redação, Dr. Marcos teria desaparecido quando realiza uma viagem de Barra da Estiva para a cidade de Vitória da Conquista tendo em vista que ele não chegou ao destino final. Ainda segundo informações, no interior do carro foi encontrado um corpo carbonizado. A Perícia realizada no local traz evidências de se tratar do corpo do Delegado, levando em conta a arma, como também outros objetos que foram encontrados e identificados como sendo do Delegado. O corpo foi encaminhado para o IML de Brumado. Possivelmente ainda hoje poderá ser confirmado se o corpo encontrado é ou não o de Dr. Marcos, se confirmado, a policia adotará várias linhas de investigação, sendo a mais provável a de que ele tenha sido vítima de um assalto e, os marginais, ao perceber que se tratava de um policial, tenham decidido matá-lo.

Porém, segundo a policia ainda é muito cedo para qualquer afirmação. Os investigadores não descartam também a possibilidade de ter sido um ato de vingança tendo em vista recentemente ele estava investigando um sequestro à família do gerente do Banco do Brasil e frustrado a tentativa de assalto. Dr. Marcos torres fazia parte também da equipe de Delegados que atuavam no plantão de final de semana na cidade de Livramento de Nossa Senhora.

Com cerca de 30 anos de Polícia Civil, o delegado sempre foi considerado como um exemplo a ser seguido, por conta do seu histórico de sucesso na Policia Civil. Policiais de toda região, inclusive as polícias especializadas, estão mobilizadas nas buscas. As diligências se concentram no sentido de encontrar, identificar e prender os criminosos.